12.09PalestraO CEAT promoveu nesta terça-feira, dia 12 de setembro, o terceiro e último encontro do Ciclo de Palestras para Pais, envolvendo os responsáveis pelos alunos até quatro anos. O tema abordado pela orientadora educacional, Laura Elter, foi o desenvolvimento da autonomia das crianças quando se trata de regras e limites.
Nos meses de maio e junho aconteceram os demais encontros: “O desenvolvimento infantil”, também com a psicóloga Laura Elter, e “Saúde da criança”, com o médico pediatra e coordenador do curso de medicina da Univates, Luiz Fernando Kehl. O tema geral do ciclo de palestras foi “diálogos sobre o papel da família na vida escolar”. A iniciativa teve o objetivo de integrar as famílias, estimular o acompanhamento do desenvolvimento da criança e compreender como se dá o processo escolar no ambiente coletivo.
De acordo com a vice-diretora da Unidade Lajeado e orientadora educacional geral, Rosângela Von Muhlen Maciel, “o CEAT prioriza o desenvolvimento global do educando e, para isso, é importante que escola e pais trabalhem em parceria. A família transmite às crianças desde o nascimento padrões de comportamento, hábitos, costumes, maneiras de pensar, de agir, de se expressar etc. No entanto, para muitos, a escola é o primeiro espaço de socialização fora do convívio familiar. Um lugar de muitas aprendizagens e vivências em um espaço coletivo”.

Na última rodada do Campeonato Estadual de Basquete as equipes do CEAT/BIRA venceram os cinco jogos disputados. Em casa, contra as equipes de Bagé, a equipe Fruki/CEAT/BIRA (sub 15), venceu por esmagadores 73x28. A Docile/CEAT/BIRA (sub 17) também venceu, por 83x40.
Em Caxias do Sul, novamente vitórias acumuladas. O Univates/CEAT/BIRA (sub 13) venceu por 68x20, o Fruki/CEAT/BIRA (sub 15) de 70x34 e a equipe do Docile/CEAT/BIRA em vitória mais apertada por 60x54.
Para o técnico Ubirajara Hertzer, o Bira, as vitórias foram merecidas. “Quanto aos resultados, fruto de muito suor deixado nas quadras nos treinos e jogos. Agora, é continuar trabalhando e preparar-se para os novos desafios da fase classificatória do Estadual”, comenta. Já o treinador do sub 13, Leonardo Menezes, a equipe vem numa crescente. “A cada jogo a equipe vem evoluindo, aquilo que está sendo treinado vem aparecendo nos jogos, e isso é importante para a sequência na competição”, avalia Leonardo.

As categorias de base do CEAT/BIRA contam com a parceria da Prefeitura Municipal de Lajeado. São patrocinadores a Univates, Docile, Fruki e Joalheria Lenz. São apoiadores a Unimed, Lajeadense Vidros, Kikão Lanches, Padaria Suíça, Restaurante Prâmios, Restaurante Tombado, Restaurante Q’Delícia e Fisioterapeuta Felipe Graciola.

03.09VascoOs ex-atletas da equipe Docile/CEAT/BIRA, Victor Hugo Tavares Brum e Matheus Alves Henicka, hoje integrantes da equipe sub-19 do Vasco, estão participando de treinamentos com a equipe profissional do Vasco. A comissão técnica vascaína, comandada por André Barbosa, escolheu os dois atletas, juntamente com outros jovens talentos, para comporem o elenco de treinamento com a equipe adulta. O intuito é preparar as promessas do Vasco para o lado profissional, vivendo o dia a dia enquanto são observados e lapidados pela comissão técnica.
Para Victor, a experiência está sendo desafiadora. “Está sendo uma experiência incrível, pois estou aprendendo o basquete de alto nível do Brasil. Com certeza o CEAT/BIRA tem a maior contribuição de eu estar aqui hoje e só tenho a agradecer. Os desafios são vários mas o principal é estar em outro estado, longe de casa”, comenta o atleta.
Já Matheus, que começou a jogar basquete há cinco anos, conheceu o esporte pelo projeto social do CEAT/BIRA. “Eu jogava basquete pela minha primeira escola, São Bento, por meio do Projeto Social do Bira. Lá o meu treinador era o Leonardo Menezes, o Aná. Junto com ele fui jogar um campeonato no CEAT, representando minha escola. Foi lá que o Ubirajara Hertzer, o Bira, me viu e convidou a integrar a equipe sub 14 e sub 15 para jogar o estadual de basquete. Joguei no CEAT/BIRA até os 17 anos e sou muito grato a todos que me ajudaram a conhecer e crescer neste esporte”, enfatiza.
Com a preparação ainda voltada ao lado físico, o treinador cruzmaltino tem analisado o desempenho dos jovens comandados na maior parte em jogadas sem contato adversário. Entretanto, André Barbosa aproveitou o período antes da reapresentação do elenco profissional para trabalhar com a equipe de base.
“Estamos com muitos treinos físicos agora, então, ainda tive pouco trabalho com eles. Não tivemos atividade envolvendo contato. Mas está sendo excelente, com certeza foi um choque para eles, já participarem com jogadores bem renomados, treinando e convivendo com eles o dia a dia, o vestiário. Isto já vai moldando e ajudando a começar a passar este choque de primeira vista e estão começando a entender”, afirma André Barbosa.

As categorias de base do CEAT/BIRA contam com a parceria da Prefeitura Municipal de Lajeado. São patrocinadores a Univates, Docile, Fruki e Joalheria Lenz. São apoiadores a Unimed, Lajeadense Vidros, Kikão Lanches, Padaria Suíça, Restaurante Prâmios, Restaurante Henicka, Restaurante Tombado, Restaurante Q’Delícia e Fisioterapeuta Felipe Graciola.

Foto: Thiago Moreira/Vasco

Subcategorias

Tecnologia - Toshyro.net