12.07BiraNesta quarta-feira, dia 11, a parceria CEAT/BIRA recebeu crianças e adolescentes do projeto social realizado em oito escolas do município: EMEFs São Bento, Porto Novo, Universitário, Lauro Müller e Campestre. No total, 250 estudantes são beneficiados pelas escolinhas. Além de jogos de integração, as crianças participaram de almoço e tiveram contato com atletas das equipes de competição, que ajudaram no evento como árbitros e treinadores. Os pequenos jogadores também conversaram com o ex-atleta do CEAT/BIRA Leonardo Waszkiewicz, o meia, pivô que jogou o último NBB pelo Cearense e atualmente tem contrato com o Minas Basquete para a próxima temporada.
Segundo ele, o projeto social do CEAT/BIRA teve importância fundamental na sua vida. “ O Basquete é meu bem maior, ao lado da família, fez toda a diferença na minha vida. Todos os ensinamentos, a cultura que adquiri, veio muito do Basquete, dos anos de convívio que tive no CEAT/BIRA. Esse projeto que está sendo feito em Lajeado é muito importante para a vida de muitos atletas, mesmo o que não chegaram a jogar profissionalmente. Todas as pessoas que eu conheço e passaram pelo CEAT/BIRA hoje estão vencendo na vida, são grandes pessoas, bem encaminhados como profissionais e como cidadãos. O esporte te dá disciplina, companheirismo, educação. Jogar em grupo não é fácil e, por ser tão difícil, te traz muito conhecimento e competências que você leva para a vida”, comenta Meia.
Acompanhando os estudantes da EMEF São Bento, a coordenadora pedagógica dos anos iniciais, Deonise Sell, relata muita alegria e expectativa das crianças em relação à prática de Basquete. “Eles adoram, estavam ansiosos para virem para o CEAT hoje participar da integração. O esporte tem beneficiado muito os alunos. O projeto tem beneficiado muito eles. Eu acredito na coletividade e na construção das relações, e o esporte fortalece eles enquanto seres humanos e enquanto estudantes, saber lidar com as situações imprevistas, com as dificuldades. O esporte proporciona o controle emocional e isso é muito bom, eles levam para a vida”, comenta a docente.
Quem esteve acompanhando o filho durante os jogos foi Rafael Stein, de Lajeado. Seu filho, Felipe, com 8 anos, joga nas escolinhas. “Meu filho adora esporte, adora jogar basquete. Como eu joguei 8 anos no CEAT/BIRA, incentivo muito o Felipe a participar da escolinha. Sei que o basquete proporciona o senso de coletividade, o respeito ao outro, e isso são valores muito importantes para trabalhar”, sinaliza o pai orgulhoso.
Para o coordenador do projeto social do CEAT/BIRA, Gustavo Lawisch, o projeto começou há três meses mas já traz resultados. “Já vemos um entrosamento grande dos alunos, aos poucos eles estão formando um vínculo forte, que é o que o esporte proporciona. A ideia é aos poucos incluir uma base tática, a questão de regras, disciplina. Por enquanto o trabalho está bem lúdico e voltado à integração”, sinaliza Lawisch.

As categorias de base do CEAT/BIRA contam com a parceria da Prefeitura Municipal de Lajeado. São patrocinadores a Univates, Docile e Fruki. São apoiadores a Pizzaria Chef Leon, Grupo Scapini, Unimed, Vidraçaria Lajeadense, Kikão Lanches, Lojas Dullius, Fisioterapeuta Felipe Graciola, Padaria Suíça, Elux Engenharia Elétrica, Restaurante Prâmios, Restaurante Henicka, Restaurante Tombado, Restaurante Bom Gosto, Restaurante Guth e Restaurante Q’Delícia.

Tecnologia - Toshyro.net