08.12EnemO Colégio Evangélico Alberto Torres – CEAT, Unidade Lajeado, é pelo quinto ano consecutivo a melhor escola do Vale do Taquari no desempenho dos alunos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), principal instrumento de avaliação da Educação Básica no país. De acordo com dados divulgados pela Consultoria Meritt sustentados por indicadores do Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais (Inep), o CEAT é a 3ª melhor escola do Rio Grande do Sul e a 5ª melhor do Sul do Brasil. O ranking leva em conta o desempenho nas provas de 2016 nas questões objetivas. Se somada a nota da redação, o CEAT é a melhor escola gaúcha e a 2ª no Sul do país.
Até 2016, o ranking do Enem era divulgado pelo Ministério da Educação (MEC), porém a partir deste ano o órgão federal divulga apenas microdados do exame, sem classificação. As informações oficiais divulgadas em 28 de novembro foram apuradas pela empresa de consultoria em educação Meritt, de Florianópolis (SC), e divulgadas nesta quinta-feira, dia 07 de novembro.
O CEAT alcançou 616 pontos nas questões de linguagem, 717 na matemática, 629 nas ciências naturais, 649 nas ciências humanas e 779 na redação, totalizando 653 pontos. Com este desempenho, no país, o colégio é o 171º no ranking tradicional (sem a nota da redação) e 144º na classificação com a redação.
O diretor geral do CEAT, Rodrigo Ulrich, destaca que “o Enem tem sido um indicador importante para o trabalho no CEAT. Novamente levamos Lajeado e o Vale do Taquari à referência educacional no estado. A cada ano o resultado fica ainda melhor. Isto só aumenta o nosso compromisso, a nossa responsabilidade. Fazemos sempre uma análise criteriosa dos resultados para verificar o desempenho. Esta liderança é fruto de um trabalho com vínculos fortes de estudantes comprometidos com o estudo, pais que entendem educação como investimento e professores comprometidos com a sua missão de ensinar”.
Ele completa: “temos um currículo que privilegia o conteúdo no sentido amplo como agente emancipador na formação do estudante. São resultados em todas as áreas, todas as frentes em que o CEAT oportuniza aos seus estudantes. A educação é muitas vezes elegida pela sociedade como a solução para problemas sociais, culturais. Assumir isto requer um projeto forte, consolidado, qualificado e capaz de interagir com a sociedade. Portanto um árduo trabalho. Aprender e ensinar exige esforço. E quando esse esforço é coletivo, é de todos os envolvidos, os objetivos são atingidos e a comemoração é de todos”.

 

Foto: Turma que fez a prova em 2016.

Tecnologia - Toshyro.net